15 de maio de 2018

É muito importante tomar cuidado na hora de promover a migração de servidores. Durante esse processo, você estará transferindo todos os dados do seu site, incluindo imagens, textos, banco de dados, e-mails e outros arquivos. Qualquer descuido pode fazer com que você perca todo o seu trabalho.

Ao migrar de hospedagem, não basta apenas mudar os dados de DNS. É essencial seguir alguns passos simples para garantir que os dados do seu endereço eletrônico estejam a salvo, e você tenha acesso a eles sem qualquer problema na nova hospedagem.

3 passos importantes para fazer a migração de servidores

Se você vai fazer a migração de servidores, é importante se atentar a esses três passos. Por meio deles, você poderá transferir todos os dados do seu site, sem correr o risco de perder nenhuma informação importante. E o primeiro deles é:

  1. Faça um levantamento de tudo que precisa ser migrado

A primeira coisa que você precisa fazer na hora de migrar de serviço de hospedagem é fazer um levantamento sobre tudo o que precisa ser transferido. Esse passo é essencial para que você não acabe se esquecendo de algum arquivo, o que irá prejudicar o funcionamento do endereço eletrônico.

Além disso, também é necessário listar todos os procedimentos que serão feitos para que a migração de servidores seja realizada com sucesso, como, por exemplo, a configuração da nova hospedagem.

  1. Movendo os arquivos, banco de dados e e-mails

O segundo passo será copiar todos os arquivos, banco de dados e e-mails do seu site. Você irá fazer uma cópia de segurança de tudo, desde o código-fonte da página até imagens, vídeos, fontes.

Além disso, você também precisa mover o banco de dados e os e-mails. A maneira mais fácil é usar programas de migração de servidores próprios. Assim, você terá a garantia de que todos os dados estão sendo transferidos.

No caso dos arquivos, o FTP é o método mais comum. Já o banco de dados pode ser transferido via MySQL e PHPMyAdmin. Por fim, os e-mails podem ser transferidos através dos próprios programas de armazenamento (G Suite, por exemplo)

  1. Configurando o DNS e verificação final

Por fim, o último passo para fazer a migração de servidores é realizar a configuração do DND e a verificação final. Essa etapa de configurar o DNS deverá ser feita no novo serviço de hospedagem.

A própria plataforma dará as orientações necessárias para modificar os dados. Entre as informações que precisarão ser alteradas estão: domínios adicionais, subdomínios, encaminhamento de e-mails entre outras.

Uma vez que você tenha terminando de configurar o DNS é necessário verificar se todas as mudanças foram feitas de maneira correta. Para isso, é necessário acessar o painel do serviço de hospedagem e verificar se todos os dados estão corretos.

Esses três passos precisam ser realizados com cuidado para que o seu site não tenha problemas. A TdHost pode realizar a migração de servidores completa para você, evitando que tenha problemas no decorrer desse processo, que possam comprometer os dados e informações importantes do seu negócio.

Entre agora mesmo em contato conosco via WhatsApp através desse link e solicite o seu orçamento.